domingo, 29 de janeiro de 2012

Encontrei um filhote de gato, e agora?

Você acaba de encontrar um lindo e frágil gatinho e não sabe o que fazer? Muita calma, você acaba de fazer uma bela ação em abrigá-lo, mas dependendo da idade do animal, precisa saber que esta tarefa será difícil, mas muito, muito gratificante. =)

Vou contar a história de Snowy, que foi encontrado com 2 dias de vida (realmente surpreendente a omissão humana) e conforme ele for crescendo, vou postar novidades sobre as fases que está passando... Assim, logo teremos um repertório com dicas de como cuidar de filhotes recém-nascidos!

Primeiramente, quero parabenizar Tailyne Wirth, que está dedicando várias horas do seu dia na tentativa de mantê-lo vivo, saudável, para que logo possam brincar muito juntos!

A primeira coisa a fazer quando se encontra um gatinho que ainda nem abriu os olhos, como foi o caso de Snowy  (ela optou por um nome unissex, pois ainda não sabe o sexo dele), é secar e aquecer. Filhotes precisam de uma temperatura mais alta, como se estivessem debaixo da mãe deles, muito peluda e quentinha! Faça de conta que é ela e mantenha ele sempre aquecido!

Sempre que possível, em casos como esse, é tentar encontrar uma gata que esteja amamentando para tentar incluí-lo na ninhada, pois realmente é difícil mantê-los vivos, até mesmo profissionais as vezes não conseguem. Tailyne conseguiu, então sabemos que tudo dependerá dos seus esforços em ajudá-lo a sobreviver. Se você encontrou uma candidata a mamãe do filhote, para facilitar a aceitação, passe a mão nela e nos seus filhotes e depois no gatinho novo, antes de colocá-lo perto dela. Lembre-se que ela os reconhece pelo cheiro!

Depois de aquecê-lo, vamos partir para a próxima etapa: uma consulta ao veterinário! Isso é essencial, pois o gatinho pode estar com algum problema que apenas uma pessoa experiente como um médico veterinário saberá identificar. Caso seja final de semana e isso não seja possível, leve-o o mais brevemente possível e passe para a próxima etapa.

A alimentação de um filhote é muito importante, e você precisa ficar atento a alguns detalhes. Primeiro, o leite de vaca não é indicado para gatinhos, especialmente os recém-nascidos. Você pode comprar uma lata de leite especial para gatos, que apesar de um pouco cara, é a mais indicada, por ser completa e sem riscos. Ou você pode também alimentá-lo com aquele leite para crianças de 0 a 6 meses, que é mais barato e você encontra em qualquer supermercado. O importante é que você terá que alimentá-lo de 3 em 3 horas, com uma mamadeira especial (também encotrada em pet shop), com uma seringa sem agulha (tomando o cuidado de fazê-lo com muita calma para que o gatinho não aspire o leite e tenha problemas depois) ou com uma colher de chá (a mais indicada na minha opinião).

Caso você não possa pagar por esse tipo de leite especial, existe uma receita caseira opcional, que já utilizei em diversos casos com sucesso. Ela foi recomendada por uma veterinária há muito tempo atrás. Você vai precisar de 1 litro de leite integral, 1 colher de sopa de mel, 1 pacote de gelatina incolor sem sabor e 1 gema de ovo. Bata tudo no liquidificador e coloque em uma garrafa pet que deve ser conservada na geladeira por, no máximo, uma semana. Sempre que for alimentar o gatinho, retire apenas a quantidade necessária e esquente no microondas. Cuidado para não oferecer muito quente, prove a temperatura em seu pulso antes de alimentá-lo.

Aquecido e alimentado, agora seu gatinho precisa fazer suas necessidades básicas! Bem, mas essa é a tarefa da mamãe gato, então você precisará ajudá-lo até ele conseguir fazer sozinho. A mamãe gato lambe seus filhotes para incentivá-los a urinar e evacuar. Mas não se preocupe, você não precisará fazer isso! hehe =) Basta que você incentive com um pedaço de algodão embebecido na água morna ou mesmo um lencinho umedecido. Faça massagem circular para as duas necessidades. Você vai perceber que o xixi é mais fácil, mas é muito importante que incentive-o a evacuar também. Apesar de que ele faça bem mais xixi do que o número 2.

Seu gatinho deve abrir os olhos em torno de 1 semana de idade, e se ele já abriu, parabéns! Você fez um excelente trabalho até aqui e com certeza o tratou com muito amor e carinho, elementos essenciais para que seu gatinho cresça forte e feliz. Na próxima postagem, falaremos sobre outros cuidados necessários com um filhote de gato recém-nascido. Até lá!

Snowy - 23 dias de vida

Recapitulando:
  1. Mantenha o gatinho seco e aquecido, lembre-se que agora você é a mãe dele!
  2. Tente encontrar uma gatinha que tenha ganhado filhotes recentemente para tentar incluí-lo na ninhada.
  3. Leve-o o mais rapidamente possível para uma avaliação veterinária.
  4. Alimente-o de 3 em 3 horas, preferencialmente, com leite especial para gatos, à venda em pet shops.
  5. Lembre-se de incentivá-lo a fazer as necessidades básicas várias vezes por dia.
  6. Dê muito amor e carinho, com certeza você será muito recompensado.

Nenhum comentário: